Na Paraíba
Ex-candidata ao Miss Bumbum que perdeu o braço em acidente na PB tem alta médica e já está em casa
Suellen foi submetida a duas cirurgias

Publicado em 20/06/2020 08:27 - Atualizado em 20/06/2020 08:27

Foto/Reprodução

O médico ortopedista e traumatologista Fernando Jucá informou que a ex-candidata ao miss bumbum, a jovem Suellen Araújo Nóbrega, de 36 anos, que sofreu um grave acidente no fim da tarde da terça-feira, 09/06,  na Alça Sudeste, e que estava internada desde então no Complexo Hospitalar Patoense, teve alta médica na manhã deste sábado, 20. 06, e já está em casa.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Suellen foi submetida a duas cirurgias. Teve um antebraço amputado e reagiu bem a todos os procedimentos. “Pedimos para que não a visitem por causa da pandemia, além disso os pais dela são idosos. Continuemos em oração para que ela fique bem“, disse o médico Fernando Jucá. As informacões são da Folha Patoense.

O acidente

Suellen Araújo Nóbrega, que participou do concurso Miss Bumbum em 2018, teve que amputar seu antebraço esquerdo após sofrer um grave acidente de moto em Patos, na Paraíba. Nesta quinta-feira (18) a modelo passou por uma nova cirurgia, a terceira desde o acidente, no último dia 9. Após a cirurgia de emergência, que teve a amputação, colocou ferros para estabilizar as fraturas da perna esquerda e, desta vez, se recupera da fratura exposta no braço direito. De acordo com o cirurgião Fernando Jucá, seu tio, ela deve ter alta no próximo dia 20.

Leia Também:

8 alimentos que você deve evitar depois dos 40 anos

7 Sinais evidentes de que seu relacionamento está chegando ao fim

5 coisas que os homens fazem diferente das mulheres; você já deve ter notado

"Foi uma desarticulação desde o cotovelo esquerdo e fratura exposta do úmero direito. Se ela estiver se recuperando bem, provavelmente terá alta na manhã de sábado. Ela está bem, estável, consciente e orientada. Está reagindo bem, assim como os ferimentos. Suellen vai ter que tomar antibióticos para evitar infecções das cirurgias e fazer um tratamento fisioterápico para reabilitar o membro que ficou, o direito, e a síndrome do membro fantasma, que foi amputado, e para voltar a andar", conta o médico.

 

Simone Muniz, irmã de Suellen, detalha o acidente e diz que a irmã vai precisar de acompanhamento psicológico para superar o trauma de ter perdido um membro.

"Ela não lembra do acidente. Aconteceu durante o fim de tarde, quando saiu da casa de uma amiga e pegou a estrada Alça Sudeste, percurso que ela costumava fazer. Pelo que sabemos, ela foi desviar de buracos e colidiu na lateral de um carro. Estava sozinha. Chegou consciente no hospital, mas em estado de choque pelo braço esmagado. Ela está muito abalada por ter perdido o braço e ser muito vaidosa. Sente muita dor e chora dizendo que o membro fantasma queima. Suellen vai precisar de acompanhamento psicológico pelo menos no início para se recuperar do trauma de perder uma parte do corpo. É inevitável", diz Simone. As informações são da Revista Quem.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468