Saiba Mais
Polícia Civil prende ex-vereador condenado por estupro de vulnerável em Tangará
Ele foi condenado pela Justiça a uma pena de sete anos.

Publicado em 16/07/2020 18:20 - Atualizado em 16/07/2020 18:20

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam, nesta quinta-feira (16), Ambrósio Lucas da Silva, 68 anos. A prisão aconteceu, no município de Tangará, em cumprimento a um mandado de prisão decorrente de sentença condenatória, pela prática do crime de estupro de vulnerável. Ele foi condenado pela Justiça a uma pena de sete anos. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com investigações, Ambrósio Lucas, que é ex-vereador da cidade de São Bento do Trairí, teria abusado sexualmente uma adolescente de 13 anos, no ano de 2006, no município de Bom Jesus. Ele já havia sido preso anteriormente, no ano de 2008, durante a apuração do crime, quando sugiram denúncias de outros supostos crimes sexuais atribuídos a ele. 

No entanto, após permanecer 64 dias preso, o acusado teria conseguido fugir. Ambrósio Lucas foi recapturado na manhã desta quinta-feira (16), conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando denúncias anônimas sobre crimes e foragidos da justiça pelos números 181 ou pelo 98114-4042 (Delegacia Municipal de Macaíba).

Polícia Civil apreende quase 900 litros de querosene de aviação furtados do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

Gaga

A Polícia Civil deflagrou, na noite desta quarta-feira (15) e finalizou na manhã desta quinta-feira (16), uma operação que resultou na apreensão de aproximadamente 900 litros de querosene de aviação que foram subtraídos do Pool de Abastecimento do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Durante a ação, cinco suspeitos foram presos em flagrante, sendo três reabastecedores de combustíveis e dois homens que seriam os receptadores do produto subtraído.

A Operação foi desencadeada a partir de uma investigação realizada pela Delegacia Municipal de São Gonçalo do Amarante. Para a realização das prisões e apreensão de todo o material delituoso foi realizada uma ação conjunta, que contou com o trabalho de policiais civis da Delegacia Geral Adjunta (DGA), 5ª. Delegacia de Polícia, Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), 1ª. e 9ª. Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) e Delegacia Especializada em Acidente de Veículos (DEAV).

“As investigações revelaram que o combustível estaria sendo furtado com o auxílio de reabastecedores, os quais estariam subtraindo uma média de 400 litros de combustível por semana. Ainda não temos uma estimativa exata do valor total do prejuízo que foi causado”, detalhou o delegado geral-adjunto, Odilon Teodósio.

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos em São Gonçalo do Amarante. Durante a ação, os policiais prenderam em flagrante três reabastecedores de combustíveis, Ericarlos Aldo de Medeiros Assunção, Carlos Eduardo Assunção de Barros e Silvino Guedes dos Santos, que responderão pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa.

Em duas residências localizadas em Parnamirim, os policiais prenderam em flagrante dois suspeitos de serem os receptadores do combustível furtado. Em uma casa, localizada no bairro Rosa dos Ventos, os policiais civis prenderam João Alexandre Freitas e com ele, os policiais apreenderam várias embalagens contendo combustível. “Ele será indiciado pelos crimes de receptação qualificada, associação criminosa e contrabando”, detalhou o delegado titular da Delegacia Municipal de São Gonçalo do Amarante, Valtair de Paiva.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Um outro suspeito de também ser receptador foi preso no bairro Santa Teresa, em Parnamirim. Dorgival Vieira de Lima Filho foi preso em flagrante com uma parte do material subtraído e um caminhão. Ele responderá pelos crimes de associação criminosa e receptação. Os policiais também apreenderam uma caminhonete modelo Amarok, que estava na posse de Carlos Eduardo.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468