Veja os Detalhes
Polícia Civil prende suspeito de receptação e apreende carga avaliada em mais de R$ 300 mil em Nova Cruz
As diligências foram empreendidas após o recebimento de denúncias anônimas de que havia um caminhão descarregando carga roubada em um estabelecimento na localidade

Publicado em 11/02/2020 12:11 - Atualizado em 11/02/2020 12:11

Foto: Reproducao/Site da Prefeitura de Nova Cruz


Uma operação da Polícia Civil e da Secretaria Estadual de Tributação prendeu uma pessoa por receptação e armazenamento inadequado de combustível e encontrou uma carga avaliada em R$ 249 mil, sem nota fiscal. O caso aconteceu nesta segunda-feira (10) na cidade de Nova Cruz, região Agreste potiguar.

Após uma denúncia de que havia movimentação de carga roubada na região, as autoridades chegaram a um depósito com dezenas de caixas de alimentos e outros itens de cesta básica sem notas fiscais. As mercadorias foram avaliadas em mais de R$ 249 mil e estavam armazenadas no estabelecimento, no bairro Santa Maria Gorete.

Além dos materiais sem nota, havia armazenados ilegalmente mais de 100 litros de combustível sem origem comprovada e acondicionados de forma inadequada, segundo a Polícia Civil, o que provocou a prisão em flagrante do dono do depósito.

Multas

A operação foi deflagrada após denúncias anônimas de depósito clandestino. Em diligências, agentes e auditores fiscais da SET constataram que a empresa tinha Inscrição Estadual e, portanto não se tratava de um armazém clandestino. A empresa foi autuada e terá de pagar uma multa de R$ 37,3 mil além do ICMS, que está orçado em quase R$ 45 mil.

Carga sem nota fiscal foi encontrada em depósito de Nova Cruz, no RN — Foto: SET/Divulgação

Carga sem nota fiscal foi encontrada em depósito de Nova Cruz, no RN — Foto: SET/Divulgação

Durante a vistoria as equipes verificaram que somente 27% dos itens tinham documentação fiscal. Na maioria dos produtos, o imposto foi sonegado e todo o material armazenado equivalia a R$ 344 mil.

Entre as mercadorias, havia massas, biscoitos, material de higiene pessoal, materiais de limpeza, temperos e até bebidas alcoólicas. A carga não foi apreendida e os responsáveis terão de pagar multa e o imposto sonegado, que totalizam R$ 94,9 mil.

Do G1 RN


250 x 100
250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468