Desastre Ambiental
Manchas de óleo: desastre afeta reservas, turismo e comunidades pesqueiras no Nordeste
Petróleo que contamina praias do Nordeste desde o final de agosto tem efeitos negativos na pesca, fauna e no turismo

Publicado em 12/10/2019 10:15 - Atualizado em 12/10/2019 10:15

Foto/Reprodução


As manchas de óleo que afetam as praias do Nordeste desde o final de agosto trouxeram problemas para o turismo e para o meio ambiente. Segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o óleo já atingiu 150 localidades em 68 municípios de todos os 9 estadosdo Nordeste.

Até o último balanço, 12 unidades de conservação ambiental já haviam sido atingidas. Pelo menos 22 animais foram contaminados até quarta-feira (9), de acordo com o balanço do Ibama. Desses, 13 foram encontrados mortos ou morreram depois de capturados.

O ecossistema costeiro no Nordeste é considerado muito frágil por conter uma grande variedade de paisagens, com manguezais, enseadas rochosas e recifes de corais.

O turismo também já foi afetado. Comerciantes relatam queda de até 40% no movimento das praias desde o início da contaminação.

Veja na matéria do G1 os principais impactos causados pelas manchas de óleo no Nordeste.


250 x 100
250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468