Nordeste
Trio de roubo a apartamento de chinês agia em todo Nordeste
Preso em Pernambuco, grupo também cometeu outros furtos semelhantes em Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Publicado em 10/06/2019 12:05

Foto/Divulgação

Do OP9 - Os três suspeitos de arrombarem e furtarem o apartamento de um comerciante chinês em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, agiam em todo Nordeste. João Luiz da Silva Neto (conhecido como Netinho), Beatriz Santos Silva e Sandro José da Silva Junior (conhecido como Juninho) foram presos em Sete Lagoas, Minas Gerais. O trio foi localizado durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal na BR-040 na sexta (7).

A ação criminosa em Boa Viagem aconteceu na última terça (4) e as câmeras de segurança do prédio flagraram Sandro entrando no edifício. “Fomos até Tracunhaém. A gente recebeu a informação de que a pessoa exibida nas imagens teria chegado na cidade junto com a namorada e com outro homem. Quando chegamos lá, eles já haviam saído da cidade. Descobrimos a placa do veículo, informamos à PRF e eles conseguiram prendê-los em Sete Lagoas”, explica o delegado Alfredo Jorge.

A polícia ainda acredita que o acesso ao local pode ter sido facilitado por algum funcionário do edifício. “O porteiro e o zelador estão sendo ouvidos para descobrir a dinâmica. Acreditamos que alguém de dentro informou uma forma de burlar a vigilância e entrar no prédio. Vamos procurar saber se havia mais alguém no carro além dos três. O carro está no nome de uma mulher, mas ainda não sabemos qual o vínculo dela com o trio”, afirma o delegado.

Sandro, Beatriz e João estavam em um Jeep Compass com placa de São Paulo/SP com relógios, notebook, câmera fotográfica, joias, notas de dólar, euro e moedas da China, Vietnã e Malásia. O material pertenceria não apenas ao dono do apartamento em Boa Viagem, mas também a outras vítimas. A PRF verificou ainda que a CNH do motorista do veículo apresentava indícios de falsificação.

Sandro e João já teriam passagens pela polícia. O primeiro, inclusive, é irmão de um dos cinco membros de uma quadrilha que também atacava casas de chineses. O grupo foi preso em fevereiro deste ano. A organização era formada por cinco homens presos após roubarem um cofre de um apartamento das Torres Gêmeas do bairro de São José, no Recife.

Segundo a Polícia Civil, o grupo também invadiu pelo menos outros cinco imóveis de vítimas orientais em bairros de classe média alta do Recife em outubro e novembro de 2018. O grupo também cometeu outros furtos semelhantes em Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468