Lamentável
Jovem confessa ter ateado fogo em escola pública em SP após sofrer bullying
Jovem tem 20 anos, foi preso pela polícia em casa e queimou provas do crime.

Publicado em 24/05/2019 11:59

Salas de aula ficaram destruídas após escola pegar fogo em Pariquera-Açu, SP — Foto: Reprodução/O Vale Do Ribeira

Um rapaz de 20 anos foi preso após confessar ter incendiado uma escola estadual em Pariquera-Açu, em São Paulo. Ele é ex- aluno da unidade, confessou o crime por sofrer bullying, e também revelou ter queimado as roupas usadas no dia do ataque. Ele foi localizado em casa pela polícia.

A motivação, segundo o delegado Fábio Maia, foi o bullying sofrido ele por moradores do bairro e estudantes da unidade. “Ele deixou a escola há alguns anos, mas afirmou que zombavam dele, principalmente quando jogava bola, e queria fazer algo que chamasse a atenção”, explicou.

Na quinta-feira (23), investigadores da Delegacia Sede da cidade cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do jovem, que era investigado como um dos suspeitos. A polícia não divulgou o nome do rapaz, mas afirmou que ele mantinha um comportamento "fechado".

Do G1


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468