Veja
Policial militar diz que matou o marido a tiros no Norte do Brasil em legítima defesa
Em depoimento, Alanna Barros afirmou que reagiu a agressões. Ela vai responder em liberdade.

Publicado em 17/06/2019 09:16 - Atualizado em 17/06/2019 09:16

PM Alanna Barros diz que atirou no marido em legítima defesa. — Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

A policial militar Alanna Patrícia da Cruz Barros, 29, investigada pela morte do marido Thiago Valdiney Bezerra Dias, 30, disse, em depoimento, que agiu em legítima defesa, ao reagir a agressões. Ela vai responder em liberdade.

Thiago Dias chegou a ser socorrido por parentes e encaminhado ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, a policial Alanna, lotada no 2º Batalhão da PM, se apresentou espontaneamente à Polícia e foi encaminhada à Divisão de Crimes Funcionais (Decrif) da Polícia Civil, que investiga o caso.

A arma usada no crime foi apreendida e deve passar por análises da perícia.

Do G1 Pará.


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468