Foi Apreendido
Papagaio que avisou da chegada de policiais em ponto de tráfico no Nordeste é transferido para o Zoobotânico
O animal estava no Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) desde a segunda-feira (22) quando foi apreendido

Publicado em 24/04/2019 13:54

Papagaio apreendido em ponto de tráfico foi transferido para o Zoobotânico de Teresina — Foto: José Marcelo/G1

O papagaio apreendido pela Polícia Militar em uma casa que funcionaria como ponto de venda de drogas, na Vila Irmã Dulce, Zona Sul de Teresina, após ter, segundo os policiais militares que atenderam a ocorrência, avisado a dona sobre a chegada deles, gritando “Mamãe, polícia”, foi transferido para o Zoobotânico de Teresina na tarde desta terça-feira (23).

O animal estava no Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) desde a segunda-feira (22) quando foi apreendido. "Recebemos esse animal na Central de Flagrantes depois dele ter sido apreendido em uma ocorrência de tráfico de drogas. É muito comum que esse tipo de criminosos tenha esse tipo de animal, que é um crime ambiental”, explicou o capitão Josué, do BPA.

“Foi lavrado um TCO por esse crime juntamente com autuação pelo crime de tráfico. Ou seja, ele também vai responder por ter uma espécie silvestre sem autorização, permissão ou licença do órgão competente", completou o capitão Josué.

De acordo com o capitão Josué, o procedimento agora é verificar se há condições do animal voltar à natureza. "Esse animais que estão em cativeiro há muito tempo costumam ser conduzidos até o Parque Zoobotânico, que têm veterinários e biólogos que vão avaliar se eles têm ou não condições de retornar a natureza", disse.

A apreensão

A dona do papagaio foi identificada pela polícia com “Índia” e teria sido presa duas vezes por tráfico de drogas em ocasiões anteriores. Segundo a PM, desta vez ela não estava diretamente envolvida com a prática ilícita e por isso não foi presa.

Um homem de 30 anos identificado como Edvan, apontado como marido dela, foi preso após os policiais encontrarem porções de crack no local e uma adolescente de 16 anos, identificada como filha do casal, foi apreendida com porções de maconha escondidas dentro das roupas íntimas.

O homem e a menor foram conduzidos para a Central de Flagrantes. A adolescente foi liberada após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Após os procedimentos legais o papagaio foi encaminhado para o BPA.

Leia mais direto do G1


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468