Rio Grande do Norte
RN registra queda de 25% no número de mortes por coronavírus em 2 semanas
Já 10 estados mais Distrito Federal apresentaram alta de mortes: PR, RS, SC, MG, DF, GO, MS, MT, RR, TO, PB.

Publicado em 12/07/2020 11:46 - Atualizado em 12/07/2020 11:46

Foto/Reprodução

O portal G1 publicou neste sábado (11) um balanço da quantidade de mortes em cada estado do país. Segundo o veículo, 10 estados mais Distrito Federal apresentaram alta de mortes: PR, RS, SC, MG, DF, GO, MS, MT, RR, TO, PB.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O Rio Grande do Norte apresentou uma queda no índice de mortalidade por Covid-19 de 25%. Os números levam em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás.

Sul

  • PR: +74%
  • RS: +82%
  • SC: +55%

Sudeste

  • ES: -10%
  • MG: +54%
  • RJ: -17%
  • SP: -3%

Centro-Oeste

  • DF: +60%
  • GO: +70%
  • MS: +44%
  • MT: +29%

Norte

  • AC: -47%
  • AM: -16%
  • AP: -33%
  • PA: -27%
  • RO: 0%
  • RR: +27%
  • TO: +112%

Nordeste

  • AL: +2%
  • BA: +8%
  • CE: -10%
  • MA: -8%
  • PB: +16%
  • PE: -15%
  • PI: -8%
  • RN: -25%
  • SE: +8%

 

Fátima Bezerra: "Irresponsabilidade, desunião e desinformação podem ser mortais"

A governadora Fátima Bezerra (PT) criticou aqueles que colocam a vida das pessoas e a economia em lados opostos no debate em torno da pandemia do coronavírus. Para a petista, "a proteção da vida e a preservação da economia só são excludentes para quem está mal informado ou é movido por intenções inconfessáveis".

Em artigo publicado neste domingo (12) na Tribuna do Norte, a petista faz um balanço das atividades realizadas pelo Executivo até agora, e defende a sua decisão de adiar a segunda etapa da retomada gradual da economia. "Quem agiu de forma açodada, desrespeitando as recomendações das autoridades sanitárias e relaxando antes da hora as medidas de prevenção e combate, teve de voltar atrás, com perdas humanas e econômicas. Porque a irresponsabilidade, a desunião e a desinformação podem ser tão mortais quanto o coronavírus", disse.

Fátima deixou claro que "o desejo do governo é igual ao de todos e todas as potiguares: reabrir a economia o mais rapidamente possível. As nossas ações têm esse objetivo. Mas, o ritmo do avanço precisa ser responsável e seguro, porque as pessoas são a nossa maior riqueza. A proteção da vida".

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Fonte: Portal Grande Ponto


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468