Postado em 12 de Junho de 2018 ás 18:09 h
Projetos preveem isentar imposto de renda de quem ganha até R$ 6 mil
Regras atuais exigem contribuição de todos que ganham acima de 1.903 reais por mês (Eliane Neves /Fotoarena/Folhapress)
Publicidade

Dois projetos de lei apresentados em 2018, um na Câmara dos Deputados e outro no Senado Federal, preveem isentar do pagamento de imposto de renda todos os brasileiros com renda mensal de até 6.000 reais. A proposição foi apresentada pelo senador Roberto Requião (MDB-PR) e é replicada na outra Casa pelo deputado Marco Maia (PT-RS), com o objetivo de promover a “justiça tributária” e estimular a retomada da economia por meio do consumo das classes mais baixas.

“Vivemos em um momento em que precisamos estimular o consumo da massa de trabalhadores, e, nesse sentido, nada melhor do que elevar os patamares mínimos de renda tributável, para que o grosso da população de renda tributável eleve sua renda real, e, ao mesmo tempo, que se eleve a tributação daqueles que ganham mais do que consomem e que têm reservas financeiras”, escreveu Requião.

Atualmente, sobre os rendimentos a partir de 1.903 reais por mês passa a incindir a taxa mínima do imposto, de 7,5%, o que, argumentam os parlamentares, reduz o salário líquido de grande parcela da população que poderia consumir e movimentar a economia.

ssd334

Por outro lado, para compensar a perda, a nova legislação aumentaria a alíquota dos mais ricos: em vez de 27,5%, quem tem renda a partir de 49.500 reais mensais passaria a pagar 30% de imposto. Além disso, a mesma tabela seria aplicada para taxar lucros e dividendos das empresas brasileiras.

Leia matéria na íntegra direto do site VEJA

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()