Postado em 04 de Novembro de 2018 ás 06:12 h
Conmebol nega pedido do Grêmio e River segue na final da Libertadores
Foto/Reproducao
Publicidade

Conmebol anunciou neste sábado (3) a decisão sobre o caso do técnico Marcelo Gallardo. A entidade não aceitou o pedido do Grêmio nos tribunais e manteve o placar do jogo de volta da semifinal da Libertadores, vencido por 2 a 1 pelo River Plate. Com isso, o time argentino segue finalista da competição.

O River nem chegou a ser punido. Apenas Gallardo recebeu punição. O técnico foi suspenso por três partidas e terá de pagar uma multa de US$ 50 mil.

O Grêmio queria ser declarado vencedor da partida por 3 a 0, o que garantia o clube na final contra o Boca Juniors. O time gaúcho alegou que o River descumpriu a punição imposta a Gallardo, que estava suspenso na partida da última terça (30), assistiu ao jogo de uma cabine, mas desceu ao vestiário no intervalo do duelo para dar instruções aos jogadores, estabelecendo assim uma comunicação direta com o banco de reservas no gramado.

A audiência que julgou o recurso do Grêmio ocorreu ontem, sexta-feira (2), mas o resultado só saiu hoje, sábado (3).

Apesar da decisão, o Grêmio ainda pode recorrer ao Tribunal de Apelação da Conmebol. No entanto, o clube ainda não decidiu se vai levar o caso adiante.

Via Notícias ao Minuto

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()