Postado em 08 de Novembro de 2018 ás 11:31 h
Corinthians acha 'absurdo' pedido de penhora da taça do Mundial
Alessandro com a taça do Mundial conquistado pelo Corinthians em 2012 J. F. DIORIO/Estadão - 16.12.2012
Publicidade

R7 - Na última quarta-feira (7), o Instituto Santanense pediu na Justiça a penhora da taça do Mundial da Fifa, conquistada pelo Corinthians em 2012. O pedido foi feito para saldar uma dívida de R$ 2,48 milhões do clube com a instituição de ensino. Em nota oficial, a diretoria da equipe julgou 'absurda' a solicitação. 

"Não houve nenhuma determinação de penhora sobre a taça do mundial de 2012, mas apenas um pedido dos advogados do Instituto Santaense nos autos, considerado absurdo pela agremiação por ferir a ordem legal de preferência dos bens passíveis de penhora com o único intuito de gerar efeito midiático infundado."

No último dia 17, data da final da Copa do Brasil, o Instituto entrou com um pedido na Justiça solicitado parte da penhora da premiação da competição. No dia 22, o Instituto conseguiu em primeira instância que o valor referente a dívida fosse penhorado dos R$ 18 milhões pagos pela CBF ao Corinthians pelo vice-campeonato do torneio.

A tentativa de receber não deu certo, já que o clube recebeu o valor integral. A CBF alegou que o prêmio foi quitado um dia antes de o Corinthians ter recebido a intimação judicial

Que dívida é esta?

Esta dívida é referente a um processo antigo, que corre desde 2010. O Corinthians e o Instituto tinham uma parceria em que o clube cedeu parte do Parque São Jorge para que a universidade oferecesse aulas de Educação Física. O contrato foi rompido por parte do clube e os alunos da faculdade impedidos de entrar no clube.

O valor cobrado pelo Instituto Santanense é referente à quebra de contrato. Em setembro, houve uma audiência para tentar um acordo, mas não houve entendimento. Na ocasião, a universidade pedia R$ 4,1 milhões. O Corinthians cobra do Instituto Santanense uma dívida anterior, de 2008, referente ao patrocínio acertado e que não foi pago. O clube pede R$ 1,2 milhão.

Nota oficial completa do Corinthians 

O Sport Club Corinthians Paulista informa que não houve qualquer fraude no pagamento da premiação referente à Copa do Brasil, tendo a CBF procedido aos repasses conforme calendário regular, bem como informa que não houve nenhuma determinação de penhora sobre a taça do mundial de 2012, mas apenas um pedido dos advogados do Instituto Santaense nos autos, considerado absurdo pela agremiação por ferir a ordem legal de preferência dos bens passíveis de penhora com o único intuito de gerar efeito midiático infundado. O clube destaca que também aciona o referido Instituto na Justiça, que mantinha tratativas para a resolução amigável da disputa e que todas as medidas legais cabíveis foram e estão sendo tomadas.

petra

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()