Nordeste
Mulher que matou o namorado por causa de pizza no Nordeste é julgada
Juliana Maria da Silva apresentou-se voluntariamente à polícia três dias após o crime e respondeu ao processo em liberdade

Publicado em 24/05/2019 11:55

Foto/Reprodução

Do OP9 - Está sendo julgada nesta sexta-feira (24) Juliana Maria da Silva, 35 anos, ré confessa do assassinato do namorado Everton Paulino da Silva, na época com 26 anos. O julgamento acontece no Fórum Rodolfo Aureliano, na Ilha de Joana Bezerra. O crime aconteceu em março de 2017, no bairro do Cordeiro, no Recife,  e ganhou repercussão pelo motivo da discussão que resultou na morte de Everton, uma pizza.

Sete jurados foram escolhidos para votar pela condenação ou absolvição de Juliana, que respondeu pelo crime em liberdade. Na época, juliana se apresentou voluntariamente à polícia três dias depois e confessou o crime. Como tinha residência fixa e não possuía antecedentes criminais, não foi possível a autuação em flagrante.

Segundo os familiares e vizinhos, o casal não estava bem havia tempos e as discussões eram constantes. O estopim aconteceu quando Juliana pediu para que Everton a levasse em uma pizzaria do bairro, ele se recusou, a discussão começou e ele foi morto a facadas pela namorada.


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468