Nordeste
Mulheres assassinadas em triplo homicídio no Nordeste são identificadas
Grupo participava de uma comemoração na madrugada do domingo quando vizinhos ouviram disparos

Publicado em 13/06/2019 11:17

Uma das vítimas

Do OP9 - Mais de 24 horas depois que três corpos foram encontrados na área externa de uma mansão em Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, a polícia conseguiu identificar, na tarde desta segunda-feira, as duas mulheres que estão entre as vítimas do triplo homicídio. De acordo com o Instituto de Medicina Legal (IML) de Pernambuco, trata-se de Jamile dos Santos, 23 anos, e de Luciana Maria da Silva, de 18. Como elas estavam sem documentos, familiares que estiveram no órgão fizeram o reconhecimento dos cadáveres.

Além delas, Eduardo Antônio da Silva Pires também foi assassinado no local. O imóvel, segundo vizinhos, era alugado para a realização de eventos. Um grupo participava de uma comemoração na madrugada do domingo quando disparos foram ouvidos na casa.

De acordo com informações preliminares colhidas no local, Eduardo e outro homem, ainda não localizado, teriam alugado o casarão por seis meses. O pagamento, acertado em R$ 21 mil, foi feito de foram antecipada e quitado em espécie. Ambos seriam de Minas Gerais e, segundo o proprietário da mansão, tinham se mudado havia dois meses. Pelas características apuradas até agora, há indícios de que se trate de uma execução, mas a polícia não descarta nenhuma linha de investigação.

Veja a reportagem do Balanço Geral Manhã:


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468