Veja os Detalhes
Polícia Civil prende suspeito de 22 anos por estupro de idosa em Nova Cruz
Ele teria tentado extorquir dinheiro de uma idosa de 60 anos, que residia no bairro Frei Damião

Publicado em 07/07/2020 18:15 - Atualizado em 07/07/2020 18:15

Policia Civil de Nova Cruz ( Foto/Ademilson Amorim )

Policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Nova Cruz deram cumprimento, na tarde desta terça-feira (07), a um mandado de prisão preventiva, expedido pela 1° Vara da Comarca de Nova Cruz, contra um homem de 22 anos, pela suspeita da prática do crime de estupro. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O suspeito foi detido no bairro Catolé, localizado na cidade de Nova Cruz. De acordo com as investigações, no dia 1º de fevereiro de 2020, ele teria tentado extorquir dinheiro de uma idosa de 60 anos, que residia no bairro Frei Damião, localizado na cidade de Nova Cruz. 

Foi constatado também que, pelo fato da vítima não ter o dinheiro que o suspeito queria, ele começou a espancá-la e em seguida violentou a idosa sexualmente. A mulher foi socorrida e, após a realização dos procedimentos cabíveis, foi verificado que ela fraturou duas costelas e a mão esquerda, além de estar com hematomas na face.

O suspeito foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

 

Polícia Civil resgata animal maltratado na Zona Norte de Natal

 

Policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa ao Meio Ambiente (DEPREMA) resgataram, nesta terça-feira (07), uma cadela (filhote) que estava sendo vítima de supostos maus-tratos. O animal apareceu em vídeos, que foram enviados junto à denúncia e repercutiram na mídia local, exposto à chuva, amarrado do lado exterior de uma casa. 

Durante as diligências, os policiais resgataram o animal ainda amarrado no mesmo local no qual aparecia no vídeo (ainda exposto, excessivamente, ao sol ou chuva). A cadela foi levada para uma clínica veterinária, passou por avaliação e recebeu os devidos cuidados e, em seguida, encaminhada para uma ONG, onde ficará abrigada até sua recuperação, para uma posterior castração e vermifugação, sendo disponibilizada para doação.

A mulher responsável pelo animal foi identificada e será investigada pelos possíveis maus-tratos. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468