Postado em 11 de Julho de 2018 ás 09:27 h
Mulher é presa suspeita de mandar matar dona de casa por disputa amorosa e de tráfico, na PB
Dona de casa Josema Simone foi morta com golpes de faca e tiros em maio de 2018, em Campina Grande (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Publicidade

Uma mulher foi presa suspeita de mandar matar a dona de casa Josema Simone, de 35 anos, na cidade de Campina Grande. O crime aconteceu no mês de maio deste ano. De acordo com a Polícia Civil, o homicídio foi planejado por causa de problemas envolvendo relacionamentos amorosos e tráfico de drogas.

Gediane Azevedo foi presa no bairro Pedregal por força de um mandado de prisão preventiva. Durante o cumprimento do mandado, a Polícia Civil encontrou crack e cocaína, resultado também em uma autuação por tráfico de drogas.

O advogado Rômulo Leão, que representa a suspeita, disse que ela não tem envolvimento com o homicídio, nem com a droga. “Ela nega veementemente a participação nesse homídio. Ao mesmo tempo que foi cumprido o mandado de busca foi encontrada droga, mas ela não é proprietária e sequer foi encontrada em seu poder”, disse ele.

hhhjj

Já a Polícia Civil acredita que ela teve participação e que o crime envolve duas situações. “Temos elementos que indicam envolvimento com o tráfico de drogas e também descobrimos que suspeita e vítima tinham uma rixa antiga por causa de disputa pela companheira que estava com Simone. Com isso e a apreensão de drogas, Gediane determinou a morte de Simone”, disse a delegada de homicídios da Polícia Civil, Nercília Dantas.

Josefa Simone foi morta a tiros e facadas quando estava na frente de casa, no mês maio deste ano. A Polícia Civil ainda procura outras quatro pessoas que teriam agido diretamente no homicídio, esfaqueando e atirando contra a vítima.

Do G1 Paraíba

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()