Postado em 07 de Março de 2019 ás 12:46 h
Preso homem acusado de agredir esposa paraibana grávida no Rio de Janeiro
Foto/Reproducao
Publicidade

Foi preso na terça-feira (5), o homem que agrediu a esposa grávida em Barra Mansa, no Sul do Rio de Janeiro. A vítima morreu durante um parto prematuro de emergência. Segundo a Polícia Civil, a delegacia reuniu as provas e ele teve a prisão preventiva de decretada. O homem foi indiciado pelo crime de lesão corporal seguida de morte.

Maria Edjane de Lima era natural de João Pessoa, na Paraíba, e tinha 35 anos. Ela deu entrada na tarde de segunda-feira (4) no Hospital da Mulher com sangramento vaginal e sinais de agressão, informando que foi chutada, inclusive na barriga, pelo companheiro, de 45. Como o sangramento não cessou e ela apresentou descolamento de placenta, foi levada para o Centro Obstétrico para fazer a cirurgia.

Durante o parto de emergência, a mulher apresentou problemas respiratórios, e foram realizados diversos procedimentos médicos para tentar reanimá-la, e também para conter a hemorragia, mas ela não resistiu.

De acordo com a Polícia Militar, o marido da vítima chegou ao hospital exaltado exigindo a documentação dela. A polícia foi chamada e ele foi encaminhado à delegacia. Na manhã de terça (5), o homem foi ouvido e liberado, pois a delegacia aguardava o laudo do IML para confirmar se ele foi o culpado pela morte. Segundo testemunhas, o homem já tinha agredido a esposa em outras situações. Os dois teriam se conhecido através das redes sociais, e ela foi para Barra Mansa, onde engravidou.

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa informou que o bebê, que é uma menina, nasceu de 27 semanas, menos de sete meses, e permanece internada na UTI Neonatal da unidade médica.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda para verificação da causa da morte e emissão do atestado de óbito e, após esse procedimento será liberado para que a família realize o sepultamento.

O homem foi encaminhado à 90ª Delegacia de Polícia (Barra Mansa), onde foi autuado. A polícia não informou onde ele estava na hora da prisão.

Do Click PB

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()