Postado em 10 de Fevereiro de 2019 ás 21:37 h
Foragido do RN que matou homem por ciúmes da companheira é preso pela polícia em Fortaleza
Foto/Divulgação
Publicidade

Após um trabalho integrado entre as Polícias Civil do Estado do Ceará e do Rio Grande do Norte, um homem foragido pelo crime de homicídio foi preso, em Fortaleza, nessa sexta-feira (8). Conhecido por “Tatuador”, Tallys Tanilis de Oliveira Brito (29) foi encontrado em uma residência no conjunto habitacional José Euclides Ferreira Gomes, no bairro Ancuri – Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3). Contra ele, havia um mandado de prisão preventiva expedido pela comarca de Mossoró, no estado potiguar, por um homicídio ocorrido em 2014.

Durante a ação coordenada pelo 30° Distrito Policial (DP), “Tatuador” apresentou um nome falso aos profissionais de segurança. No entanto, após o suspeito alegar que era natural do Rio Grande do Norte, a Polícia Civil cearense contatou a Polícia Civil do Estado vizinho, com o objetivo de chegar à verdadeira identidade do suspeito. Após um trabalho incessante e integrado de apuração, os profissionais de segurança chegaram ao nome de Tallys, que se encontrava foragido da Justiça do Rio Grande do Norte.

No dia 8 de fevereiro de 2014, “Tatuador” matou Marcos Vinicius de Lima Soares, de 15 anos, na zona leste de Mossoró. Na ocasião, o autor do crime publicou nas redes sociais mensagens se “vangloriando” pelo feito. Ele afirmou ainda que a motivação do crime foi ciúmes, após a vítima flertar com a então companheira de Tallys.

O homem agora se encontra recolhido e, nos próximos dias, as Polícias Civil cearense e potiguar farão as tratativas para o seu recambiamento.

Outras capturas

Tallys foi localizado em um imóvel no conjunto habitacional, por policiais civis do 30° DP, na companhia de outras pessoas. Entre elas, uma adolescente que era investigada por participação em um incêndio a um coletivo, ocorrido no dia 28 de janeiro deste ano, na localidade de Sítio São João (AIS 3). Por meio de levantamentos feitos pela equipe da delegacia distrital, foi confirmado que a menor havia derramado combustível no interior do veículo, que foi queimado, na companhia de outros suspeitos. Ela foi encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e agora cumprirá medida socioeducativa.

Uma terceira pessoa, uma mulher, também foi conduzida ao 30° Distrito Policial pela equipe. Em seguida, ela foi encaminhada para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que apura o seu envolvimento em crimes na Capital, entre eles, homicídios. A Polícia Civil agora trabalha para capturar os outros envolvidos nos atos criminosos na região, que já foram identificados por meio dos trabalhos realizados pelo 30° DP.

Denúncia

A Polícia Civil ressalta que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na localização dos suspeitos. As informações podem ser repassadas para o (85) 3101-3525 do 30° Distrito Policial (DP); ou ainda para o (85) 98865-2158, que é o WhatsApp do 30° DP, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Via Portal no Ar

Por: Nova Cruz Oficial
Comentários ()