Whatsapp Nova Cruz Oficial (84)9147-8518 - Envie Fotos, Vídeos e Informações Email: contato.novacruzoficial@bol.com.br
   
 
Postado em 10 de Agosto de 2015 ás 20:18 h
Henrique Alves confirma que hub dos Correios para as regiões Norte e Nordeste será no RN
A expectativa é de que em seis meses a estrutura esteja implantada
Foto: Alex Régis/Tribuna do Norte
Publicidade

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, anunciou nesta segunda-feira (10), em Natal, que a direção dos Correios vai fazer a confirmação oficial da implantação do centro de distribuição de encomendas da ECT para as regiões Norte e Nordeste ainda este mês. O hub dos Correios será no Aeroporto Internacional Aluízio Alves. A informação foi dada pelo ministro durante pronunciamento feito na abertura do seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande Norte. “A empresa Correios vai confirmar a implantação do hub no Rio Grande do Norte agora em agosto. A expectativa é de que em seis meses a estrutura esteja implantada”, afirmou o ministro ao falar de novas expectativas de investimentos para o estado. O evento foi no auditório da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e também contou com a presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Aldo Rebelo.

Henrique Alves também aproveitou o seminário para reafirmar a importância de esforços conjuntos das classes políticas e empresariais do Rio Grande do Norte para a instalação do hub da TAM no estado. Ao defender a central de conexões aéreas para Natal, o ministro ressaltou as características geográficas e positivas do aeroporto, localizado em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de natal, diante dos outros dois concorrentes, Ceará e Pernambuco. “O RN tem duas características que não podem ser superadas pelos estados concorrentes. Um aeroporto moderno e com grande área para expansão e nossa posição estratégica em relação à Europa e África”.

O ministro disse que os investimentos no Rio Grande do Norte são necessários, não apenas por questões técnicas, mas também por representarem um salto importante para o desenvolvimento econômico do Estado. Ele citou o crescente desenvolvimento dos estados concorrentes e defendeu a descentralização de investimentos. “Não podemos concordar com investimentos concentrados apenas em estados já desenvolvidos e com força econômica. Porque, se for assim, os grandes se tornarão maiores, enquanto os estados menores não terão chances de mais desenvolvimento”, afirmou Alves ao comparar o tamanho das economias de Pernambuco e Ceará em relação ao Rio Grande do Norte.

Blog do BG

Por: Portal NCO
Publicidade
Publicidade
Comentários ()
Mais Politíca