Na Paraiba
Acusado de matar mulher e os pais dela estava a gressivo nos últimos dias e disse que iria procurar psicólogo
Os sogros morreram no local e a esposa foi socorrida para o hospital da cidade

Publicado em 04/06/2022 12:28 - Atualizado em 04/06/2022 12:28

Thalita Vieira da Silva tinha 26 anos. A mãe dela foi identificada como Rita Vieira Dantas, de 43 anos. O pai, Carlos Jaime Pedro da Silva tinha 50 anos

Do Click PB - Morreu, no hospital, a mulher que foi baleada pelo marido em São Bento, no Sertão da Paraíba. O crime aconteceu às 10h da manhã desta quinta-feira (2) quando o homem atacou não somente a esposa, mas também os pais dela, que morreram no local do atentado.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O marido foi preso quando tentava fugir da cidade. 

Ele foi levado para a delegacia de São Bento, juntamente com a arma que teria sido usada no crime.

Segundo informações repassadas pelos policiais militares que atuam em São Bento, o acusado chegou em casa armado, atirou contra a esposa, depois atirou na sogra e, quando estava saindo da residência, encontrou o sogro e o baleou.

Os sogros morreram no local e a esposa foi socorrida para o hospital da cidade, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

Thalita Vieira da Silva tinha 26 anos. A mãe dela foi identificada como Rita Vieira Dantas, de 43 anos. O pai, Carlos Jaime Pedro da Silva tinha 50 anos.

O atentado foi registrado no bairro Belarmino Lúcio, em São Bento.

De acordo com informações repassadas ao ClickPB pelo delegado Anderson Fontes, da Polícia Civil da Paraíba, o acusado havia comentado sobre a vontade de procurar um psicólogo, pois estaria escutando vozes e estaria agressivo em casa, ultimamente, segundo testemunhas relataram ao delegado.

O homem preso foi recolhido no Presídio de Catolé do Rocha. Ele aguarda audiência de custódia.


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468