Na Paraíba
Ao tentar fugir da cena do crime, suspeito de matar jovem na PB foi atropelado pelo atual namorado da vítima
O caso está sendo investigado como crime passional

Publicado em 21/10/2020 07:12 - Atualizado em 21/10/2020 07:12

Foto/Reprodução

Do Click PB - O suspeito de matar a jovem de 18 anos em Boqueirão, nesta segunda-feira (19), foi atropelado pelo atual namorado da vítima, revelou o delegado Ilamilton Simplício ao ClickPB, na manhã desta terça-feira (20). De acordo com o delegado, após atirar em Viviane Alves, o suspeito tentou fugir a pé. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Logo em seguida, o atual namorado da vítima, Guilherme Torres Pontual, de 20 anos, entrou no veículo e perseguiu o suspeito, jogando o carro em cima dele para evitar a fuga. O suspeito foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande e após atendimento médico foi encaminhado para a Delegacia de Queimadas, onde permanece preso. 

Ainda de acordo com o delegado, o caso está sendo investigado como crime passional, já que o suspeito chegou ao local do crime armado. 

"Ele não foi apenas para conversar com o atual namorado da vítima, pois ele foi armado. Trata-se de um crime passional", disse o delegado ao Portal ClickPB.

O delegado Ilamilton Simplício disse que agora será investigado de quem pertencia a arma e como ele estava em posse do suspeito. Também será averiguado se houveram outras ameaças e se Arthur Kelvin Lima Aires é envolvido com algum outro crime. 

O caso segue sendo investigado. 

Sobre o crime

Uma estudante de 18 anos foi assassinada com um tiro na cabeça, na noite desta segunda-feira (19), no bairro Novo, em Boqueirão, na Paraíba. De acordo com informações apuradas pelo Portal ClickPB, o principal suspeito de cometer o crime é o ex-namorado de 22 anos, que não aceitava o fim do relacionamento. 

A Polícia Militar informou ao ClickPB que Arthur Kelvin Lima Aires, chegou até o local armado, onde começou uma discussão com o atual namorado da vítima. Viviane Alves Farias, de 18 anos tentou defender o namorado e foi atingida por um tiro na cabeça. Ela morreu ainda no local. 

O suspeito foi preso e moradores da região tentaram agredí-lo. Ele tentou fugir foi atropelado por um veículo que passava no local. O homem foi levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde recebeu atendimento médico e em seguida foi encaminhado para a delegacia de Queimadas. 


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468