Na Paraiba
Faxineira é presa suspeita de furtar joias avaliadas em R$ 300 mil da casa dos patrões na Paraiba
Ela contava com uma rede de receptadores, todos também já identificados e responsabilizados pelos atos.

Publicado em 07/05/2022 13:48 - Atualizado em 07/05/2022 13:48

Foto/Reprodução

Uma faxineira foi presa nesta sexta-feira (6), acusada de furtar joias e outros objetos das casas dos patrões, em João Pessoa. De acordo com informações, a mulher de 38 anos causou um prejuízo em cerca de R$ 300 mil. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Polícia Civil informou que a mulher trabalhava como faxineira em realizava os furtos em momentos distintos. 

Segundo a Polícia, a prisão foi realizada no bairro do Valentina. Ela contava com uma rede de receptadores, todos também já identificados e responsabilizados pelos atos. 

A mulher foi encaminhada para Central de Flagrantes, em João Pessoa.

Do Click PB

Em João Pessoa, chef é obrigado a provar pizza antes de Bolsonaro comer
 
Seguranças do presidente da República disseram ao cozinheiro que esse tipo de solicitação seria uma praxe, de maneira a evitar envenenamento
 

O cozinheiro de um restaurante em João Pessoa, na Paraíba, teve que provar a comida que seria oferecida a Jair Bolsonaro antes de o presidente comer. Com informações do Metrópoles.

O episódio aconteceu nessa quinta-feira (5/5), no Formaggio 43, especializado em massas.

Seguranças do presidente da República disseram ao cozinheiro que esse tipo de solicitação seria uma praxe, de maneira a evitar que Bolsonaro seja envenenado. Entretanto, não se tem notícia de que isso já tenha ocorrido em outras regiões do país.

A informação foi divulgada pelo jornalista Maurílio Júnior e confirmada pela coluna com funcionários do restaurante.


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468