Na Paraiba
Morte de adolescente de 15 anos, duas semanas após tomar vacina da Pfizer, em João Pessoa é investigada
Só após o encerramento final da investigação é que será divulgado a causa da morte

Publicado em 27/10/2021 23:19 - Atualizado em 27/10/2021 23:19

Foto/Reprodução

Do Click PB - A morte de adolescente de 15 anos, duas semanas após tomar vacina da Pfizer, em João Pessoa é investigada pela Secretaria de Saúde do Estado (SES). Em nota, obtida com exclusividade pelo ClickPB, nesta quarta-feira (27), a SES informou que o óbito foi registrado no mesmo mês em que o jovem recebeu a primeira dose do imunizante. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba, por meio da Coordenação de Imunizações Estadual, a notificação de um evento adverso grave após administração, foi recebida no dia 08/10/2021, da primeira dose da vacina contra a Covid-19, evoluindo para óbito no dia 26/10/2021.

Na nota, a SES explica que o evento adverso pós-vacinação (EAPV) é qualquer ocorrência médica indesejada após a vacinação e que, não necessariamente, possui uma relação causal com o uso de uma vacinaou outro imunobiológico (imunoglobulinas e soros heterólogos). 

Para evitar uma onda de desinformação, que coloque em risco a seriedade da imunização contra a Covid-19, "o caso foi notificado pelo Complexo Hospitalar Arlinda Marques e encaminhado à Coordenação Municipal de Imunização do município de João Pessoa, que, por sua vez, inseriu no e-SUS notifica. Também houve informação para a Secretaria Estadual de Saúde e Programa Nacional de Imunizações - PNI. O caso está sendo investigado desde o dia da notificação...O caso grave e pareceres estão sendo discutidos com corpo técnico do PNI/MS, visando a elucidação do caso", enfatiza o texto. 

O texto destaca ainda que só após o encerramento final da investigação é que será divulgado a causa da morte. "Ressaltamos que até o momento não se pode concluir a causa óbito e sua relação com a vacinação. Todos os protocolos estão sendo seguidos e estaremos divulgando posteriormente as conclusões do caso", diz a nota.

Confira a nota na íntegra aqui


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468