Na Paraíba
Novas doses da CoronaVac devem iniciar vacinação contra Covid-19 em professores, na Paraíba
Novo lote com cerca de 55 mil doses da vacina CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, deve chegar neste sábado (6).

Publicado em 03/02/2021 09:01 - Atualizado em 03/02/2021 09:01

Linha de produção da CoronaVac, no Instituto Butantan, em SP — Foto: Amanda Perobelli/Reuters

A Paraíba deve receber até o próximo sábado (6) um novo lote com cerca de 55 mil doses da vacina CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, em entrevista à TV Cabo Branco, as doses serão utilizadas para iniciar a imunização nos professores que já estão retomando as aulas presenciais. Além disso, vão ser usadas para imunizar 70% dos idosos previstos no Plano e para complementar a vacinação dos trabalhadores de saúde do estado.

“Receberemos a vacinação, acredito que na sexta-feira (5), no máximo no sábado, de novas doses do Butantan. Em todo o país serão distribuídas 3,2 milhões de doses. Quando chegarem, imediatamente vamos separá-las e distribuí-las aos 223 municípios paraibanos”, explicou Geraldo Medeiros.

De acordo com o secretário de Saúde, em relação aos professores, neste primeiro momento, terão prioridade os atuam na Educação Infantil e Ensino Fundamental I, já que eles serão os primeiros a retornar às salas de aula, a partir do dia 1º de março.

Na Paraíba, há 55.828 trabalhadores da Educação do Ensino Básico, incluindo os que atuam em creche, pré-escolas, ensino Fundamental, Ensino Médio, Profissionalizantes e EJA, de acordo com o novo Plano de Vacinação, divulgado nesta segunda-feira (1º), que incluiu as grávidas e lactantes. Com isto a Paraíba passou a ter 1,3 milhões de pessoas a serem imunizadas como prioridade.

Volta às aulas

O governo da Paraíba liberou a retomada das aulas presenciais a partir de 1º de março na rede estadual de ensino e também na rede privada. O plano de retomada foi anunciado nesta segunda-feira (1º) pelo governador João Azevêdo (Cidadania).

O retorno dos alunos vai acontecer dentro de um modelo de ensino híbrido. Neste primeiro momento, estão liberadas os alunos do ensino infantil, anos iniciais do ensino fundamental e de cursos preparatórios. com 30% da capacidade de alunos de forma presencial e 70% no formato remoto.

Do G1 Paraíba


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468