Na Paraíba
Paraíba identifica três pessoas com variante mais contagiosa da covid-19 e Saúde faz alerta
Segundo dados da SES, os primeiros casos foram registrados em janeiro

Publicado em 10/02/2021 18:49 - Atualizado em 10/02/2021 18:49

Foto/Reprodução

Do Click PB - A nova onda de contaminação provocada por uma nova mutação do vírus da Covid-19 já contaminou três pessoas na Paraíba. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, esse número pode aumentar, já que a variante é ainda mais contagiosa. Segundo informações obtidas pelo ClickPB, a confirmação veio após o sequenciamento genético de amostras com alta carga viral, dentro da rotina de enfrentamento da pandemia e monitoramento da doença no estado. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

"O achado de linhagens distintas do novo coronavírus já era esperado em função de que esse é um comportamento normal do vírus em apresentar mutações durante um tempo. O que se evidencia é que a P1 se trata de uma linhagem de um poder de propagação mais elevado. Então, consequentemente, isso ocasiona nas pessoas infectadas uma contaminação ainda maior de pessoas e uma tendência a haver um maior número de óbitos", explicou em entrevista ao ClickPB. 

Segundo dados da SES, os primeiros casos foram registrados em janeiro. No dia 14, a Vigilância Epidemiológica Municipal de João Pessoa sinalizou um caso que atendia aos critérios para sequenciamento genético, por se tratar de um homem, 79 anos, que estava em Manaus e chegou com sintomas em João Pessoa. 

No segundo caro, a Vigilância Epidemiológica de João Pessoa monitorou um caso secundário ao primeiro em um homem de 24 anos, que teve início dos sintomas no dia 10 de janeiro, notificado com coleta de amostra enviada para análise.

Já no terceiro caso, devido a alta carga viral, a coleta de uma mulher de 24 anos que reside em João Pessoa seguiu para sequenciamento. Ela teve início dos sintomas dia 10 de janeiro e foi atendida, notificada e coletada amostra na UPA Bancários no dia 14 de Janeiro.

O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros explicou que as medidas de prevenção e controle permanecem as mesmas. "Como o distanciamento físico, higienização das mãos, uso de máscaras, limpeza e desinfecção de ambientes e isolamento de casos suspeitos e confirmados conforme critérios vigentes”.

Dados da Organização Mundial da Saúde revelam que até janeiro de 2021, o mundo já registra mais de 101,4 milhões de indivíduos infectados com o vírus e mais de 2,1 milhões de óbitos relacionados à doença. No Brasil já foram notificados mais de 9,1 milhões de casos e 221,6 mil óbitos pela doença. 

No mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado, divulgado nesta terça-feira (9), a Paraíba registrou 199.706 casos confirmados e 4.171 mortes. Também foram confirmados 152.779 casos recuperados e 612.384 testes realizados. 


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468