Saiba
Suspeitos de furto à casa de Carlinhos Maia são presos no interior da Paraiba
Eles foram encaminhados para Maceió no início da manhã desta terça-feira.

Publicado em 07/06/2022 10:45 - Atualizado em 07/06/2022 10:45

Foto/Reprodução

Os três suspeitos de furtarem o apartamento dos influenciadores Carlinhos Maia e Lucas Guimarães foram presos em Campina Grande, na Paraíba, de acordo com os delegados Gustavo Xavier, de Alagoas, e Diego Beltrão e Demétrius Patrício, da Paraíba.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

As prisões aconteceram na noite desta segunda-feira (6) e a informação foi confirmada pela polícia nesta terça-feira (7).

Conforme informações do delegado Diego Beltrão, as investigações da Polícia Civil de Alagoas identificaram um prejuízo de bens em, aproximadamente, R$ 5 milhões em bens.

A Polícia Civil de Alagoa acionou o Departamento de Repressão ao Crime Organizado de Campina Grande para que fossem realizadas buscas na região de Campina Grande.

Os suspeitos foram localizados na noite da segunda-feira e, conforme o delegado Diego Beltrão, são da Zona Leste de Campina Grande. Eles foram encaminhados para Maceió no início da manhã desta terça-feira.

Na segunda-feira (6), os delegados Lucimério Campos, diretor de Polícia Judiciária da Região Metropolitana, Robervaldo Davino, titular do 6º Distritito Polícial, e Gustavo Xavier, delegado-geral da Polícia Civil de Alagoas, concederam uma entrevista coletiva onde comentaram o caso.

Segundo os delegados, a polícia já tinha suspeitos do crime, mas ainda não havia pedido nenhum mandado de prisão e não podia apontar quem seriam esses suspeitos a pedido do setor de inteligência da própria Polícia Civil.

Conforme informações reveladas pelo delegado Gustavo Xavier nesta terça, provavelmente a quadrilha envolvida no crime é especializada neste tipo de ação, porque depois que invadiram o apartamento eles foram em busca de peças específicas, como um colar de diamante avaliado em R$ 1,5 milhão e um relógio que custava R$ 1 milhão. O delegado Lucimério Campos acredita que os suspeitos tinham informações privilegiadas sobre as falhas do sistema de segurança do edifício onde os influenciadores moravam.

Do G1


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468