Transtorno
Cheia do Rio Curimataú obriga localidade inteira a deixar suas casas em Canguaretama, RN
O trecho mais afetado é conhecido como conjunto Oceania

Publicado em 09/07/2022 01:42 - Atualizado em 09/07/2022 01:42

Rua ficaram alagadas em Caguaretama — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Do G1 RN - A subida de nível do Rio Curimataú, diante das chuvas que atingem o Rio Grande do Norte, trouxe uma série de transtornos para a população de Canguaretama, no Litoral Sul potiguar. A água invadiu a cidade, alagando casas e ruas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a Defesa Civil de Canguaretama, mais de 250 pessoas precisaram deixar as casas e muitas famílias perderam praticamente tudo o que tinham.

Casas ficaram alagadas em Canguaretama; Maria da Conceição perdeu praticamente todos os móveis — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Casas ficaram alagadas em Canguaretama; Maria da Conceição perdeu praticamente todos os móveis — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O trecho mais afetado é conhecido como conjunto Oceania. Nessa localidade, não ficou nenhuma casa ocupada - todas as famílias precisaram sair por conta do alagamento.

Uma dessas foi a dona de casa Maria da Conceição, que mora há 18 anos no local, com o marido e mais seis filhos. Ela conta que perdeu praticamente tudo por conta da água.

"Não sei como vou ter forças para recomeçar. Perdi muita coisa, meus móveis, meus eletrodomésticos, perdi minha história. A história da minha família está aqui dentro", lamentou.
Casas foram invadidas após rio transbordar em Canguaretama — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Casas foram invadidas após rio transbordar em Canguaretama — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

 

As famílias estão sendo abrigadas em quatro colégios municipais e outras seguiram para casas de parentes. A prefeitura está utilizando caminhões para transportar os pertences das famílias que tiveram as casas atingidas pelo alagamento. Também foram usados ônibus escolares para retiradas das famílias.

"Desde as primeiras horas viemos aqui dar assistência às famílias desalojadas. Providenciamos caminhões para as mudanças, chamamos os bombeiros para trazer os botes e a assistência social também está aqui. Não tem mais ninguém nas casas. Muitas famílias perderam tudo", explicou o coordenador Defesa Civil de Canguaretama, Antônio Carlos.


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468