Saiba
Saiba quem são os dois agentes da PRF mortos a tiros no Ceará
Os dois agentes estavam no local atendendo a uma ocorrência de trânsito em virtude de um acidente que deixou o tráfego lento.

Publicado em 18/05/2022 16:28

Foto/Reprodução

Os policiais rodoviários federais mortos na manhã desta quarta-feira (18) na BR-116, em Fortaleza, foram identificados como Márcio Hélio Almeida de Souza, de 52 anos, e Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho, de 45 anos, ambos cearenses.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Ceará SINDPRF/CE, Erivaldo Silva, os agentes eram lotados no Grupo de Motociclismo Regional (GMR) da PRF e eram especialistas em escoltas de autoridades.

Os dois agentes estavam no local atendendo a uma ocorrência de trânsito em virtude de um acidente que deixou o tráfego lento.

Segundo informações preliminares, em uma abordagem ao suspeito, que estava andando em meio aos veículos, eles tiveram a arma roubada e foram assassinados.

Márcio Hélio estava na Polícia Rodoviaria Federal (PRF) desde o ano de 2006.

Já Raimundo Bonifácio ingressou na corporação um ano antes, em 2005. Os dois também já foram agentes da Autarquia Municipal de Trânsito de Fortaleza (AMC).

O crime

As informações iniciais apontavam para dois suspeitos, mas posteriormente a Secretaria de Segurança confirmou que o único a efetuar os disparos foi o homem em situação de rua. 

“Durante a ação, um policial militar, que estava de folga e passava pelo local, atirou contra o suspeito, que também morreu”, diz nota da SSP, encaminhada ao Metrópoles.

Uma força-tarefa foi montada em torno da ocorrência, com a atuação de policiais militares, agentes da PRF e apoio de um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). O trânsito foi bloqueado no local.

Luta corporal

Um motorista que passava pelo local, minutos antes do crime, flagrou o momento em que os agentes entraram em confronto com o morador em situação de rua. É possível ouvir o barulho dos tiros após a luta. O policial à paisana que passava pelo local perseguiu o suspeito e conseguiu atingi-lo.

Diário do Nordeste

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468