Mortos
Mãe e filho são mortos dentro de carro de aplicativo quando saiam de delegacia no interior do RN
Depois de prestar depoimento na delegacia, Júlio e seu mãe estavam retornando para casa

Publicado em 17/11/2021 09:17 - Atualizado em 17/11/2021 09:17

Foto: Reproducao/O Camara

Por O Camara - Kaliane Priscila da Silva Saldanha de 37 anos de idade teria vindo a Delegacia de Furtos e Roubos apresentar seu filho Júlio Pedro da Silva Lopes de 18 anos, que era acusado de envolvimento num assalto na semana passada.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Depois de prestar depoimento na delegacia, Júlio e seu mãe estavam retornando para  o bairro Aeroporto “Ouro Negro”, onde residiam, na Rua José Toscano de Lima e, num semáforo, localizado na Rua Tarcísio Correia, quando o motorista do aplicativo parou, homens ocupando um veículo de cor escura, pararam ao lado.

Um homem, armado de escopeta calibre 12 desceu a atirou, acertando a cabeça do jovem e no peito da mãe dele, que sem qualquer possibilidade de defesa, mãe e filho morreram no local.

Segundo informações, apesar da pouca idade, Júlio Pedro da Silva Lopes era considerado trabalhoso com denúncia de envolvimento em vários assaltos e na morte do proprietário de um depósito de água mineral, no bairro Aeroporto.

Osmar Dantas de Oliveira, “Galego da água” natural da cidade de Umarizal, de 33 anos de idade foi morto a tiros no dia 23 de setembro passado, dentro de seu comércio de água mineral, localizado na Rua Ricardo Guilherme de Lima, próximo ao hospital Tarcísio Maia, no bairro Aeroporto em Mossoró.

Duplo


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468