Saiba Mais
Polícia Civil prorroga inquérito que investiga morte de jovem executada no RN por mais 30 dias
Esta é a segunda vez que o Delegado que atua no caso estende o prazo das investigações do crime

Publicado em 15/06/2022 06:15 - Atualizado em 15/06/2022 06:15

Foto/Reprodução

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PCRN) prorrogou em mais 30 dias o inquérito que investiga o crime de homicídio contra a jovem a Ana Bruna Rodrigues, ocorrido no último dia 29 de abril, dentro de uma loja, onde a vítima trabalhava, no centro da cidade de Parnamirim.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Esta é a segunda vez que o Delegado que atua no caso estende o prazo das investigações do crime.

Em maio, a Polícia já tinha feito um pedido de prorrogação também por 30 dias.

O delegado responsável pelo caso, Emerson Valente, informou que mais de 25 pessoas já prestaram depoimentos na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Parnamirim.

Algumas testemunhas estão sendo ouvidas novamente.

Ainda segundo o delegado, o celular de Ana Bruna demorou cerca de 20 dias para ser liberado pela Justiça, atrasando no processo das investigações e elucidação do caso.

O Crime

Um homem com um boné e uma balaclava escondendo o rosto, entrou na loja em que a vítima trabalhava fingindo ser cliente. Em seguida, perguntou por ela. Ela chegou a se abaixar em frente ao balcão de produtos, mas foi executada à queima roupa.

A postura tomada pela vítima dá a entender que ela já sabia que seria vítima de um crime.

Foto: reprodução

Novo Notícias

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468