Veja a Lista
RN tem pelo menos 28 obras públicas paralisadas que envolvem mais de R$ 46 milhões; Veja a lista por cidades
Informações são de painel do TCE que acompanha obras realizadas pelo governo e pelas prefeituras potiguares.

Publicado em 07/10/2021 17:09 - Atualizado em 07/10/2021 17:09

Foto/Reprodução

Do G1 - O Rio Grande do Norte tem pelo menos 28 obras públicas paralisadas, envolvendo mais de R$ 46 milhões de reais. Os dados são do painel de obras do Tribunal de Contas do Estado, que leva em consideração serviços contratados pelo governo estadual e municípios.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com o TCE, todos os entes públicos do estado são obrigados a cadastrar suas obras no sistema.

As obras estão distribuídas em 17 cidades potiguares e custam, em média, R$ 1,6 milhão. A maior parte dos contratos envolve serviços estruturantes como saneamento básico e pavimentação de ruas e rodovias.

Ao todo, há 10 obras paralisadas atualmente que são relacionadas a esgoto e distribuição de água, além de outras sete ligadas a ruas e estradas. Também há serviços em escolas, hospital e outros prédios públicos, entre os paralisados.

A maior parte é ligada a prefeituras municipais. Porém, o órgão que soma mais serviços paralisados é a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) - com oito serviços cadastrados nessa situação. Três, somente em Natal. Essas obras também são as mais caras.

Prefeituras

Entre os municípios, Extremoz é o que tem mais obras paralisadas, de acordo com o sistema do TCE. São quatro, relacionadas a pavimentação de ruas, construção de praças e de uma quadra esportiva. Elas somam investimentos de R$ 725,7 mil.

Já em Parnamirim três obras paralisadas somam mais de R$ 2,5 milhões - todas relacionadas a calçamento de ruas dos bairros Nova Parnamirim, Parque das Nações e Liberdade.

Uma obra que chama a atenção é a construção de uma enfermaria para Covid-19, contratada pela prefeitura de São José de Mipibu. Orçada em R$ 1,6 milhão, a construção está paralisada, mesmo já tendo sido pagos R$ 402 mil.

O município tem outra obra paralisada e já com recursos pagos, de acordo com o sistema. É a construção de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) orçado em R$ 833 mil. R$ 144 mil já foram pagos.

g1 entrou em contato com o município para solicitar informações sobre o motivo de paralisação dessas obras e não recebeu retorno até a publicação desta matéria.

Obras paralisadas por cidade

  • Extremoz - 4
  • Natal - 3
  • Parnamirim - 3
  • Caicó - 2
  • Macaíba - 2
  • São José de Mipibu - 2
  • Tibau - 2
  • Assu - 1
  • Currais Novos -1
  • Ipanguaçu - 1
  • Lagoa Nova - 1
  • Mossoró - 1
  • Pendências - 1
  • Portalegre - 1
  • Santana do Matos - 1
  • São Miguel - 1
  • Serra Caiada - 1
 
 
 
 

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -


Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468