Na Paraiba
MP apura assédio a chef obrigado a provar comida antes de Bolsonaro na Paraiba
Cozinheiro no Nordeste foi obrigado por servidores da Presidência a provar a própria comida antes de Bolsonaro comer

Publicado em 11/05/2022 20:33 - Atualizado em 11/05/2022 20:33

Foto/Reprodução

Do Metropoles - Depois de um cozinheiro ter sido obrigado por servidores da Presidência da República a provar a própria comida antes de Jair Bolsonaro comer, o Ministério Público do Trabalho (MPT) na Paraíba instaurou um inquérito para investigar se o episódio configura um caso de assédio moral.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A denúncia chegou às mãos da procuradora Marcela Asfora, que responde interinamente pela chefia do MPT no estado, e foi repassado à procuradora Mylena Alencar.

O Ministério Público recebeu a denúncia do caso por meio de uma notícia de fato, de número 000530.2022.13.000/1, que será direcionada a um procurador da equipe de Asfora.

O objetivo é apurar se o cozinheiro foi vítima de assédio moral por parte da Presidência, que alegou que a prática seria uma praxe, a fim de evitar o envenenamento de Bolsonaro.

O episódio envolvendo o cozinheiro do restaurante Formaggio 43 foi revelado pelo jornalista Maurílio Júnior e confirmado pela coluna com funcionários estabelecimento.

Sobre o caso

bolsonaro pizza paraíba nilvan ferreira
Bolsonaro come pizza em João Pessoa (PB) ao lado do radialista Nilvan Ferreira
 

Em João Pessoa, na Paraíba, o cozinheiro de um restaurante de alto padrão foi obrigado a provar o prato que seria oferecido ao presidente Jair Bolsonaro (PL) antes de ele comer.

As informações são do jornalista paraibano Maurílio Júnior, que conversou com o cozinheiro do estabelecimento.

Seguranças do presidente da República disseram ao cozinheiro que esse tipo de solicitação seria uma praxe, de maneira a evitar que Bolsonaro seja envenenado. Entretanto, não se tem notícia de que isso já tenha ocorrido em outras regiões do país.


250 x 100
Contato
contato.novacruzoficial@bol.com.br

Direção Geral: 84 98718-8468